Transformação Digital: quais são as oportunidades para seu negócio?


Quando você precisa comprar um produto, você vai de loja em loja perguntando a opinião dos vendedores, ou pesquisa sobre eles online? Você paga pelo produto – um eletrodoméstico, por exemplo – em dinheiro, ou usa cartões de crédito e débito? Por fim, o que todas essas perguntas têm a ver com transformação digital?

Se você é como a maioria das pessoas, respondeu que, antes de comprar um produto, pesquisa na internet. E na hora de pagar por ele, usa “dinheiro de plástico”. Esses são apenas alguns exemplos de como a transformação digital mudou o mundo dos negócios e as relações entre pessoas e empresas.

Algumas companhias identificaram as oportunidades geradas pela transformação digital primeiro. O Uber, por exemplo, percebeu que poderia vender transporte público por meio de um aplicativo de celular, e isso mudou para sempre a forma com que as pessoas se relacionam com o transporte nas grandes cidades.

Da mesma forma, a Netflix – uma locadora de vídeo – percebeu que havia uma janela de oportunidade na transformação digital... e acabou com o segmento de locadoras de DVD.

Já a Kodak não percebeu a importância da transformação digital e não investiu em câmeras digitais, optando por apostar todas as suas fichas em máquinas analógicas. Resultado: a empresa decretou falência em 2012.

Assim, a sua marca tem dois caminhos possíveis nos próximos meses: fazer como a Kodak e assistir a transformação digital dos concorrentes, ou iniciar ela própria uma transformação digital que pode mudar não apenas a própria empresa como todo o mercado em si.

Transformação digital tem a ver com pessoas, não com tecnologiasNão se deve confundir, entretanto, transformação digital com o uso maciço de tecnologias. É claro que as tecnologias serão necessárias, mas elas servirão para fazer uma ponte entre sua empresa e os clientes, e não como uma cortina de fumaça para esconder potenciais problemas nessa relação.

Dessa forma, uma das grandes oportunidades da transformação digital está no estreitamento das relações com os clientes. É preciso que o marketing sirva não só como ferramenta de atração, mas também de fidelização.

Oportunidade de se relacionar com os clientes

Para isso, é imprescindível o uso de redes sociais, sites e ferramentas de automação de email marketing, para citar alguns exemplos. Mas o pós-venda também é imprescindível, transformando redes sociais em um braço dos Serviços de Atendimento ao Cliente ou utilizando ferramentas de CRM (Customer Relationship Management).

O CRM é uma estratégia de negócio que entende e antecipa a necessidade dos clientes. E isso nos leva a uma outra ótima oportunidade de negócio: Big Data. Trata-se da análise de inúmeros dados de compras, estilo de vida e hábitos de consumo das pessoas para oferecer produtos e serviços quase irrecusáveis, na hora em que são mais necessários ou desejados Transformação de processos

Redes sociais, CRM e Big Data são a parte da transformação digital voltada ao relacionamento com o cliente, mas os processos da empresa também devem ser trabalhados nessa transformação. Nesse caso, o objetivo é aumentar a eficiência operacional. Há várias ferramentas no mercado que aumentam a produtividade dos funcionários, melhora o recrutamento e retenção de talentos, e aumenta a qualidade dos processos.

Cada um desses itens é uma oportunidade gerada pela transformação digital que você pode aproveitar.


Espero que este artigo tenha sido útil para você.


Fique à vontade para compartilhá-lo com seus colegas e dividir


comigo seus insights.


Será um prazer iniciarmos uma discussão sobre o assunto!


Até a próxima!


Marco Antonio da Silva


Agile Transformation Coach | Learning Facilitator | Speaker


#borainspiraretransformar

#eusougaragecriativa


58 visualizações